Como ficar motivado para o CFO ouvindo críticas à PM?

Críticas e Motivação CFO PMBA

Recebi o seguinte email de um leitor do blog Concurso CFO PMBA:

Oi, Danillo! Como vai?

Estou achando bem legal seu site falando sobre o CFO, mas estou com um incômodo faz um tempo e queria sua opinião.

Vejo todos os dias matérias na TV com críticas à polícia, falando de abusos de policiais, às vezes até corrupção feia.

Então, tenho muita vontade de estudar para o CFO, mas fico me perguntando como essas coisas são tratadas, qual o real tamanho disso e se vale a pena mesmo fazer o concurso e seguir a carreira.

Será que pode me ajudar?

Esse tipo de dilema é muito comum entre candidatos a qualquer cargo policial, pois trata-se de uma carreira bastante questionada, principalmente por causa de casos de policiais que cometem erros se utilizando das prerrogativas públicas que possuem.

Essa é uma questão relevante, que não podemos ignorar quando decidirmos estudar para o CFO PMBA. Pensando nisso, resolvi escrever este artigo, mostrando a você alguns motivos para não desistir do seu sonho, e entender como deve encarar as críticas existentes.

Vamos lá!

As consequências de ser uma instituição pública

Antes de tudo, precisamos admitir que, sendo instituições públicas, as polícias, e os policiais, devem estar abertas a todo tipo de crítica. Mesmo quando as críticas são exageradas, precisamos entender a razão pela qual aponta-se o dedo para as polícias, e pensar como isso pode ser transformado em aperfeiçoamento da nossa ação.

A polícia está a serviço da sociedade, e qualquer cidadão tem o direito de opinar sobre a atuação policial (mesmo aqueles que não conhecem técnica e cientificamente a atividade policial). Aos policiais, e às polícias, cabe analisar o que tem ou não fundamento, utilizar ferramentas legítimas de comunicação para contrapor o que é dito, e sempre lidar com as críticas com espírito público e democrático.

As generalizações

Grupo de Estudo para o CFO PMBA

Insira o seu endereço de email abaixo e participe gratuitamente do Grupo de Estudo para o CFO PMBA!

É óbvio que a parte dos policiais que praticam erros utilizando-se da estrutura corporativa não representa a maioria dos policiais, em sua esmagadora maioria homens e mulheres honestos e dedicados a bem servir a comunidade.

O problema é que a polícia é uma instituição que preza pela uniformidade (fardamento, viaturas, gestos em serviço etc.). Assim, é muito comum que a ação de um policial isoladamente atinja, de alguma forma, a conduta dos demais. Mas é preciso ter bom senso para perceber o quanto é perigoso acreditar em generalizações.

Nenhuma organização é perfeita

Todo ser humano é imperfeito. Toda organização humana é imperfeita. Precisamos admitir que há erros, sim, nas polícias, e que as críticas até contribuem para que eles sejam discutidos e corrigidos. Quem não aceita crítica dá o primeiro passo para uma eternidade defeituosa.

Aliás, enquanto candidato a um concurso policial, é fundamental que você esteja atento a todos os pontos que entenda incorretos, para participar do processo de melhoria institucional.

Os erros policiais têm natureza distinta

O erro de um juiz geralmente pode ser reparado por outro juiz, indenizando a vítima, inclusive. O erro de um médico talvez não possa ser reparado, mas ocorre dentro de uma sala fechada. O erro de um policial geralmente não pode ser reparado e ocorre à vista de todos (filmado, muitas vezes).

Desde já é importante você entender que os erros cometidos por policiais tem natureza distinta dos erros cometidos por qualquer outra categoria. Por isso chamam mais atenção. Por isso você precisará ter mais cuidado e responsabilidade.

O que compensa as críticas

Apesar de todas as críticas que os policiais sofrem – umas injustas, outras justas – há algo que compensa qualquer avaliação negativa ou generalizada ouvida sobre a profissão. Me refiro à possibilidade de salvar vidas, restituir o patrimônio, prevenir violências e/ou mediar conflitos.

Tudo isso é muito gratificante, e supera qualquer intenção de tentar mostrar que a atividade policial não vale a pena. Diariamente os policiais militares recebem injeções de ânimo que fazem com que eles entendam que a profissão deles, por mais problemas que tenha, é digna, valiosa e capaz de dar orgulho em quem a exerce.

O agradecimento daquele ou daquela que você ajudou é nossa grande recompensa!

  • Esdras

    “Obstáculo é aquilo que você enxerga quando tira os olhos do seu objetivo.” Força!

  • Leonardo S.P.

    Muito obrigado Danillo! Ótimo texto!